O quem do paciente, o quem do terapeuta: a lógica dos corpos em presença

ovo_supervisão

um grupo de supervisão clínica, exercícios e estudos formativos

com

Regina Favre e Lili Oraggio

O que vamos fazer:

  • Falar e ouvir narrativas clínicas
  • Estudar as cartografias formativas
  • Praticar o reconhecimento da lógica dos corpos – modos de crescimento, modos de agregação de si, modos vinculares
  • Aprender sobre as forças emocionais e sociais presentes nos ambientes em que os corpos se formam
  • Aprender produzir somagramas
  • Ler em grupo teoria e ficção para nos sensibilizarmos para a vida das pessoas
  • Conversar sobre os múltiplos sentidos da relação terapêutica
  • Vivenciar e observar intervenções clínicas facilitadoras da aprendizagem e do aprofundamento da grupalidade
  • Aprender a reconhecer, assimilar e transfomar a experiência em corpo
  • Assistir a videos e estudar papers produzidos por meio dos métodos de registro dos Seminários no Laborátorio do Processo Formativo
  • Aprimorar os modos de registrar a prática clínica em texto, foto e video

Proposta: Um encontro mensal, sábado à tarde, com um grupo estável

Datas para o 2° semestre de 2016:

17 de setembro, 15 de outubro, 12 de novembro, 17 de dezembro

Horário: sábado, das 14h00 às 18h00

Vagas: 25 pessoas que já trabalhem com Clínica Psicoterapêutica

Valor: R$ 200,00 reais por encontro.

Onde: Laboratório do Processo Formativo

R. Apinagés, 1100,cj 507,Perdizes

Inscrições: 3864-5785 ou reginafavre@yahoo.com.br

Quem é Regina Favre:

Filósofa (PUC-SP), Psicoterapeuta Somática, estudiosa e pesquisadora dos processos biológicos e sociais de produção do corpo subjetivo, ensina e pesquisa no Laboratório do Processo Formativo, tradutora dos livros de Stanley Keleman, introdutora do seu pensamento no Brasil, aplica a matriz kelemaniana da Anatomia Emocional para a vida das pessoas na realidade do mundo contemporâneo, pioneira das Psicoterapias Corporais no Brasil, produz e publica videos e artigos.

Quem é Lili Oraggio:

Terapeuta Formativa e Acompanhante Terapêutica, pesquisadora e colaboradora do Laboratório do Processo Formativo. Durante as práticas e seminários de Biodiversidade Subjetiva, desenvolveu o Método REII-Registro Imediato Interativo, que facilita a captação dos corpos em interação e do ambiente formativo, incluindo as redes sociais como ferramenta de ensino e aprendizagem.

Compartilhar: