One response to “Um diálogo sobre a Biodiversidade Subjetiva”

  1. […] com imagens, vídeos, blogs dos grupos (fechados), uma teoria viva para o conceito de Biodiversidade Subjetiva. Nela, o corpo se evidencia como um lugar na biosfera, perigosamente capturável e poderosamente […]